" "

Segundona! ✼

3 ago

frase4

Concordo em gênero, número e grau!

Uma das coisas mais preciosas que aprendi com o tempo, e com a terapia, foi que eu nasci para ser feliz, para ser quem eu quero realmente ser e não para me tornar alguém que somente se encaixe nos padrões normais impostos pela sociedade.

Muitos olham para mim com olhares “tortos”, questionam minhas escolhas e querem palpitar no rumo que tenho que tomar e na minhas escolhas. Eu sou completamente aberta a ouvir os outros, mas quando chega o momento de decidir o que fazer, aí somente a minha vontade conta. Já fui muito de seguir o que os outros me aconselhavam e ser uma pessoa infeliz, frustrada e arrependida por não ter tomado as rédeas da minha própria vida. Hoje não, hoje escuto, analiso, pondero e se for o que eu também acredito, eu sigo. Se não, “so sorry” aos demais, minhas escolhas não são normais quanto gostariam que fossem.

E quer saber, sou infinitamente mais feliz assim e tenho convicção de que também não sou alguém tão normal quanto gostaria de ser rsrsrs :)
Quem aí se sente um pouco assim?

Beijos,
Thá!

No comments yet

Leave a Reply